Duda Reis acusa Nego do Borel de estupro e ameaça de morte

Duda Reis acusa Nego do Borel de estupro e ameaça de morte

Modelo prestou depoimento na delegacia nesta quinta (14) e ‘Balanço Geral SP’ teve acesso ao documento de quatro páginas.

Segundo Duda, as agressões verbais e físicas teriam começado no Carnaval de 2018 depois que ela foi ao Sambódromo sem avisar o noivo, que teria ficado irritado. A modelo também relatou que, no mesmo ano, no feriado de Páscoa, teria sido agredida novamente por Borel na frente dos amigos dele.

Duda disse que, a partir disso, teria começado a apresentar problemas psicológicos e de ordem psiquiátrica e teria sido diagnosticada com problemas como anorexia, depressão e outras questões emocionais. Segundo a influenciadora, foi necessário tomar alguns remédios para lidar com estes problemas emocionais. Duda alegou que Borel a incentivava a tomar as medicações para ficar “mais tranquila”, enquanto ele estava em algum evento, festa ou show, e, ela, em casa.

Em outro trecho do depoimento lido por Gottino no Balanço Geral, Duda disse que Borel a incentivaria também a tomar mais remédios do que deveria ela teria chegado até a ingerir uma dose quatro vezes maior do que a recomendada pelo médico.

“Ele retornava de shows e mantinha relações sexuais não consentidas pela vítima que estava dopada. A vítima dizia para ele não manter relações com ela, não era consensual”, disse Duda, em parte do depoimento divulgado pelo programa da Record TV.

A influenciadora digital também declarou que Nego do Borel teria vídeos e fotos íntimas dela e teria medo de que o ex-noivo divulgasse essas imagens após término do relacionamento.

Duda também pediu medida protetiva contra o cantor.

Ainda de acordo com o Balanço Geral SP, Nego do Borel foi à delegacia e registrou um boletim de ocorrência contra a ex por calúnia e difamação. Na noite de quarta-feira (13), o funkeiro disse, nas redes sociais, que vai provar a inocência dele.

FONTE: R7.COM

Deixe uma resposta