You are currently viewing Henri Castelli e mais famosos são flagrados em festa clandestina

Henri Castelli e mais famosos são flagrados em festa clandestina

Além do ator, a influencer Nati Casassola e a DJ Tati Junqueira estavam no local e publicaram vídeos da aglomeração nas redes

Henri Castelli e outras celebridades foram flagrados em uma festa clandestina em Hidrolândia, na região metropolitana de Goiânia, no último sábado (24). Segundo informações obtidas pelo Fala Brasil, o ator publicou registros da aglomeração com cerca de 60 pessoas nas redes sociais.

Além de Henri Castelli, a influenciadora Nati Casassola e a DJ Tati Junqueira estavam no local.

Os participantes da festa chegaram a publicar vídeos do local, que foi denunciado pelos vizinhos que se incomodaram com o barulho de som. De acordo com o condomínio onde a comemoração aconteceu, o proprietário da casa receberá uma multa. Essa já é a segunda vez que ele promove uma festa no conglomerado.

A equipe do R7 entrou em contato com a assessoria de imprensa de Henri Castelli e das demais celebridades, mas ninguém se manifestou sobre o assunto até o momento. O espaço permanece aberto para pronunciamento.

Polêmica de agressão de Henri Castelli

Vale lembrar que no início do ano Henri Castelli se envolveu em uma confusão envolvendo agressão, em Alagoas. O ator usou as redes sociais no dia 11 de janeiro para relatar ter sido vítima de um caso de violência brutal em Alagoas, no dia 30 de dezembro. Em uma série de stories publicado no Instagram, o artista de 43 anos falou sobre o ocorrido.

“Anunciaram há pouco que eu entrei numa briga em Alagoas, o que não é verdade. Foi muito triste o que aconteceu comigo. Vocês devem ter visto que eu dei entrada na Santa Casa de Alagoas no final do ano por ocasião de um acidente na academia. Mas a verdade é que não foi um acidente e não foi na academia. Eu fui agredido covardemente, sem que eu pudesse reagir ou me defender”, afirmou à época.

“Eu estava com alguns amigos e, do nada, fui puxado pelas costas, pelo pescoço, jogado no chão e fui agredido. Vítima de socos e chutes no rosto, que levaram a uma fratura exposta na minha mandíbula. A impressão que eu tinha é de que minha boca estava pendurada naquele momento”, declarou o ator, que mostrou os exames e o raio-x que fez na ocasião.

Henri Castelli disse que, naquele momento, passou a receber orientações de sua cirurgiã dentista. “Os vídeos serão juntados ao processo. O médico e sua equipe optaram por amarrar a minha boca com um fio de aço para que eu fizesse a cirurgia em São Paulo e pudesse cumprir meus compromissos de trabalho”, detalhou.

O principal acusado da agressão contra Henri Castelli em 30 de dezembro, no estado de Alagoas foi ouvido pela polícia em janeiro e se defendeu dizendo que foi Castelli quem iniciou a briga, e que ele teria apenas reagido a uma primeira agressão do ator.

O homem, que não teve seu nome divulgado, e outras duas pessoas que teriam participado da agressão, serão indiciados por crime de lesão corporal grave.

À época, o delegado responsável pelo caso, Fabrício Lima, afirmou à reportagem da Record TV que os três acusados já foram ouvidos e, agora, a polícia analisará seus depoimentos e de outras testemunhas, além do próprio ator.

FONTE: R7.COM

Deixe uma resposta