Substituído por Castroneves na última prova, Askew deixa a McLaren em 2021
Oliver Askew

Substituído por Castroneves na última prova, Askew deixa a McLaren em 2021

Campeão da Indy Lights se despede da equipe na última prova da temporada, em 25 de outubro

A McLaren anunciou que Oliver Askew, atual campeão da Indy Lights, vai deixar a equipe em 2021. Askew, de 23 anos, fará sua prova de despedida da equipe no encerramento da temporada, em St. Petersburgo, no dia 25 de outubro, caso seja liberado pelos médicos. Na última prova, com rodada dupla em Indianápolis, o jovem piloto foi vetado por não se encontrar em boas condições físicas e substituído pelo brasileiro Helio Castroneves.

Helinho é um dos candidatos à vaga de companheiro do mexicano Pato O’Ward na próxima temporada. O brasileiro, que vem de três vitórias consecutivas no IMSA, onde corre em tempo integral pela Penske, já foi liberado por sua equipe para negociar com outros times para o ano que vem, em função do fim do programa da escuderia de Roger Penske na categoria de protótipos. Ele já admitiu que chegou a ser procurado pela McLaren para competir na Indy em tempo integral neste ano, mas as negociações não evoluíram.

“Aprecio a experiência que tive com a McLaren. Tive que me desenvolver muito rapidamente como piloto e sei que tenho mostrado minha velocidade e capacidade quando possível nesta temporada. Entretanto, acho que faz sentido que eu dê o próximo passo da minha carreira fora da equipe”, disse Askew em comunicado emitido pela McLaren. “Sou grato a todo o apoio que recebi da equipe e dos fãs. Desejo o melhor para o time no futuro”, completou.

Atualmente, Askew é apenas o 19º colocado no campeonato, com 181 pontos, e tem um terceiro lugar na prova 2 de Iowa como melhor resultado. Em comparação, o companheiro Pato O’Ward é o quinto na temporada, com 376 pontos, uma pole position e três pódios. Na luta pelo título de novato do ano, o melhor até aqui é o holandês Rinus VeeKay, 14º no campeonato com 274 pontos, uma pole position e um pódio.

FONTE: BAND.

Deixe uma resposta