Você está visualizando atualmente Sergipe terá uma policial mulher como Chefe de Gabinete Militar

Sergipe terá uma policial mulher como Chefe de Gabinete Militar

Fábio Mitidieri indica a major Anne Bastos para a função que inclui segurança pessoal do governador e das instalações oficiais

O governador eleito e diplomado Fábio Mitidieri indicou a major Anne Bastos para chefia de Gabinete Militar. Pela primeira vez na história administrativa, Sergipe terá uma policial militar mulher na função, rompendo uma tradição masculina na distribuição de cargos. Com Anne, o quadro do governo passa a contar com sete mulheres. As outras seis já foram anunciadas nas secretarias de Fazenda, Esportes, Assistência Social e Cidadania, Mulheres, Justiça e Administração.

Major Anne Bastos é formada em direito e ingressou na Polícia Militar em 1998. Durante sua trajetória na Corporação, foi pioneira também no Batalhão de Choque, onde atuou por dois anos. Foi a primeira policial mulher a realizar nivelamento na Força Nacional, no Rio Grande do Sul, trabalhou na Companhia Fazendária, na Corregedoria Militar e atualmente está com o auxiliar do subcomandante geral da Polícia Militar.

“Entendo a importância da missão e a importância histórica porque serei a primeira mulher e negra a assumir o gabinete Militar. É uma valorização e o governador mostra que teremos uma gestão diferenciada. Darei o meu melhor”, declarou.

Fábio explicou que a escolha se deu pelo currículo da Major e pela importância de se inovar na administração, buscando nomes comprometidos com o Plano de Governo proposto e que aliem juventude e representatividade.

“Tenho o compromisso de construir um novo tempo na política sergipana e isso passa, também, pela indicação de gestores novos, com dinamismo e novas ideias”, disse.

Gabinete Militar

O Gabinete Militar tem como competência planejar, coordenar e executar atividades de transporte e segurança governamental, proteção e defesa civil, o pleno funcionamento dos palácios governamentais vinculados e da residência oficial do governador, bem como prestar ao governador e ao vice-governador assessoramento direto em matéria atinente às Instituições Militares Estaduais. Entre as funções, estão atuar na prevenção de crises e articular o seu gerenciamento; informar o governador sobre assuntos de ordem pública, de proteção e defesa civil e de interesse das instituições militares; coordenar o planejamento e a execução das atividades de segurança militar do governador, do vice-governador, de seus familiares e de autoridades em visita oficial ao Estado, conforme legislação vigente; gerenciar os serviços de transporte aéreo e terrestre para o governador, o vice-governador e demais autoridades previstas em lei, no âmbito de sua competência.

FONTE: DIARIO SE

Deixe um comentário